Deus quer salvar a todos


"Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade." 1Tm 2:3-4

Reconheço que essa passagem apresenta dificuldades. Mas não apenas para os que aceitam a doutrina bíblica da predestinação, mas para todo estudante da Escritura. O texto diz que Deus "deseja que todos os homens sejam salvos", no entanto nós sabemos que nem todos os homens são salvos. A pergunta é por quê? Uma resposta apressada diria que os homens não querem ser salvos, mas aí nós temos que admitir que a vontade do homem prevalece sobre a vontade de Deus. O homem teria poder de veto sobre Deus, e isso é inaceitável. Outra possibilidade é que Deus não possa salvar todo mundo! Isso beira à blasfêmia, pois estaríamos dizendo que Ele não é Todo-Poderoso. Mas então, qual a saída para o dilema?

Eu acredito que embora o caráter bondoso de Deus deseje que todos os homens sejam salvos, há algo que Ele deseja mais do que salvar todo mundo. Sabemos que às vezes desejamos duas coisas, mas uma vontade é maior que a outra e acabamos escolhendo uma em lugar da outra. Creio então que há uma vontade prevalecente sobre a desejo de salvar a todos os homens. Mas o que seria?

Os defensores do livre arbítrio diriam que Deus deseja salvar a todos, mas acima disso deseja não violar o livre arbítrio do homem. Assim, a preservação do livre arbítrio seria algo maior que a salvação de toda a humanidade. Eu penso diferente, mesmo porque livre arbítrio é uma idéia humanista sem amparo na Bíblia, então não vejo porque Deus teria um compromisso com ele. Além disso, no inferno as pessoas desejariam que seu livre arbítrio tivesse sido violado e que eles fossem para o céu. Eu creio que o que Deus deseja mais que salvar a todos é a Sua glória. Quando Deus levar os seus para o céu será glorificado pela sua graça e misericórdia. Quando ele aplicar o justo castigo sobre os pecadores, será glorificado pela Sua justiça. Assim, Ele será glorificado tanto nos que são salvos como nos que se perdem. É assim que entendo esse versículo, mas reconheço que é uma passagem difícil e uma explicação melhor pode ser dada. Se alguém tiver, por favor poste.

Finalmente, gostaria de esclarecer uma idéia errada: a de que Deus predestina para o inferno. Não é verdade e a maioria absoluta dos que creem na predestinação creem na predestinação para a vida, tão somente. Sendo Deus a expressão da bondade, ele deixa todos os homens livres para serem salvos e nenhum obstáculo coloca diante dos homens. Quem quiser, vem e de maneira nenhuma é lançado fora. O problema é que ninguém, por si mesmo, vem. Então Ele atrai irresistivelmente alguns para Si.

Espero ter respondido a contento. Se não, é só pedir que esclareço melhor o que eu creio.

21 comentários:

  1. "É assim que entendo esse versículo, mas reconheço que é uma passagem difícil e uma explicação melhor pode ser dada. Se alguém tiver, por favor poste."

    Outra interpretação possível é considerar esse texto como uma exposição da chamada geral ou universal. Nesse caso, o trecho "todos os homens" se referiria a todos os homens de todos os tipos (ou seja, de todas as nações, povos e línguas) e não a todos os homens considerados individualmente. Podermos provar isso contextualmente, pois um pouco antes Paulo pede a Timóteo que ore pelas autoridades, na época já empenhadas em perseguir os cristãos. Mas quem nos gararante que entre esses perseguidores não está um vaso escolhido? Acaso sabemos quem são os eleitos? Paulo que o diga!

    Ademais, Clóvis, não considero sua interpretação de pouca conta. Afinal, o verbo θέλω (traduzido como "deseja") indica realmente muito mais um sentimento que propriamente uma determinação.

    Só não podemos dar a resposta "apressada" e dizer que realmente Deus se esforça para salvar a todos, pois contraria o ensino geral das epístolas paulinas.

    Um abraço,

    Rodrigo

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo,

    De fato, é uma interpretação difícil. Obrigado por postar uma alternativa, para consideração dos leitores do blog.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  3. creio que notar o contexto é a melhor opção, nos primeiros versículos Paulo pede para orar por todos os homens, depois especifica quais tipos de homens ele deseja, que são os reis e autoridades. Ele diz todos os homens universalizando a oração, porém, depois especifica aos reis e autoridades, que eram pessoas que estavam em eminencia, e quem nunca focou sua evangelização aos pobres e etc? da mesma maneira, Paulo estava mostrando que é do interesse de Deus que oremos por todo TIPO de pessoas, independente do status social, financeiro, porque também Deus salvará todo tipo de pessoa.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resposta, no entanto tenho receio de em algum momento acabar utilizando as Escrituras Sagradas para justificar o meu ponto de vista...
    Acho que todos nós devemos nos preocupar com isso!

    ResponderExcluir
  5. Deseja...todos...salvos. Indica a universalidade da Graça e não o universalismo da Salvação. Deseja(Gr thelõ - com a conotação de sentimento - e não "boulomai", com a idéia de deliberação ou planejamento.

    Nota textual Bíblia de estudo "Vida nova"

    Graça e paz, espero ter ajudado.
    Deus seja Louvado e Adorado Eternamente.

    ResponderExcluir
  6. Maurício,

    Obrigado pela sua contribuição. De fato, o verbo utilizado é significativo.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  7. Graça e Paz amado,
    Acredito que Deus vai fazer tudo o que Ele deseja. E Ele deseja salvar Não só judeus mas também os gentios, isto é, todos os que ele predestinou para salvação.

    ResponderExcluir
  8. Pr. Herculano,

    Obrigado por sua visita e por seu comentário. Que o Senhor o abençoe.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Deixa eu fazer alguns comentários adicionais, ainda que tardios.

    Muitos calvinistas acreditam, e tivemos alguns exemplos aqui, que thelo tem um sentido mais fraco que boulomai. No entanto, se alguém consultar as passagens onde encontram estes verbos, verá que esta distinção não se sustenta. Thelo e boulomai são tanto usados para falar de um mero desejo quanto uma vontade de propósito. Consultem, por exemplo, Rm 9.18, Cl 1.27.

    De qualquer forma, todos sabemos que 2Pe 3.9 é um paralelo de 1Tm 2.4 e enquanto no primeiro o verbo usado é boulomai, no segundo é thelo. Portanto, não vejo em quê esta tentativa de distinção iria ajudar em alguma coisa.

    O Clovis diz que "Os defensores do livre arbítrio diriam que Deus deseja salvar a todos, mas acima disso deseja não violar o livre arbítrio do homem". A afirmação é estranha, porque eu mesmo não diria isso, e garanto que muitos também não. A questão gira em torno do caráter de Deus. Se é uma possibilidade coerente para Deus violar o livre-arbítrio do homem, por que ele não faz com todos e salva a todos? Deus não é bom, amoroso, justo e misericordioso? Então, por quê?

    Dizer que Deus não tem obrigação de salvar ninguém, e se ele resolveu salvar alguns ninguém pode reclamar, não ajuda em nada para resolver o problema. A questão não é se Deus tem a obrigação de salvar alguém mas, sendo ele como é, por que não o faria?

    A resposta do Clovis (e - olha que coincidência - minha também!) é "que Deus deseja mais que salvar a todos é a Sua glória". Sim, mas o que isso significa? Significa, no caso dele, que Deus é mais glorificado com a perdição de muitos, talvez a maioria, do que com a salvação de todos. Mas por quê e como podemos ter certeza disso?

    Vou contra-argumentar que esta resposta carrega o seguinte problema. Todos os cristãos, calvinistas e arminianos, geralmente concordam que a morte de Cristo foi a maior demonstração da justiça e do amor de Deus. Se foi, então a perdição de muitos não faria Deus ser mais glorificado do que já foi. Deus não precisaria condenar ninguém para demonstrar a sua justiça. Ele já demonstrou, e isto de uma forma inigualável.

    Voltando a 1Tm 2.4, uma outra tentativa dos calvinistas é dizer que Paulo está falando de classes de homens, já que ele cita reis e os que estão em eminência. Portanto, segundo estes, Deus deseja que homens de todas as classes sejam salvos.

    Deve ser dito em resposta, no entanto, que a citação dessas classes é apenas para particularizar um exemplo de um ensino mais abrangente. Paulo não está insinuando que devemos excluir algumas pessoas de nossas orações (que é onde nos levaria a opinião calvinista), mas, dentre as nossas "súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens", devemos incluir orações específicas aos reis e aos que estão em iminência, para que nós, os cristãos, possamos levar vidas tranquilas. Uma pergunta que surge disto tudo é: se nossas orações devem ir além do grupo dos eleitos, por que não a vontade de Deus de que todos sejam salvos e, mais a frente, a morte de Cristo por todos (v. 6)?

    ResponderExcluir
  11. Paulo,

    Por isso que gosto de seus comentários. Irei reler e quem sabe ponderar algumas coisas.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  12. Clóvis,

    De vez em quando eu entro aqui e dou os meus pitacos, mas sempre na intenção de crescermos "na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo". Tenho aprendido muito com meus irmãos calvinistas (você está no topo da lista) e não gostaria que não houvesse ninguém para apontar os meus erros, avaliar, aperfeiçoar ou até mesmo criticar os meus argumentos. Acredito que com você acontece o mesmo.

    ResponderExcluir
  13. Paulo,

    Com certeza. Desde o antigo FE, sempre levo a sério o que você escreve. E admiro o seu trabalho, mesmo que discordemos quanto aos "cinco pontos".

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  14. "Quem quiser, vem e de maneira nenhuma é lançado fora. O problema é que ninguém, por si mesmo, vem. Então Ele atrai irresistivelmente alguns para Si."

    Creio no Deus bondoso e justo e, penso que realmente ninguém será lançado fora, pois através da morte de Cristo é possível qualquer um pecador na face da terra, que se arrependa verdadeiramente e aceite a Graça de Cristo será salvo: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único filho, para que todo aquele que nEle crê não morra, mas tenha a vida eterna" (João 3.16)

    Em sendo assim: "Então Ele atrai irresistivelmente alguns para Si" isso não condiz com as promessas do nosso Deus (ao Deus que eu e a maioria dos cristãos cremos)

    Não consigo imaginar Deus atraindo irresistivelmente alguns e deixando outros de fora, não tem lógica... imagina isso acontecendo numa família, alguns eleitos e outros não?

    É muito mais lógico e com bases biblicas acreditar que a salvação é de graça para todos, mas nem todos a aceitam: "Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele" (Apocalipse 3.19)

    Ou seja, Deus atrai todos para a salvação, porém nem todos aceitam ou acreditam nisso, alguns aceitam em seu leito de morte, e naquele momento que sabem que vão morrer de alguma forma, se arrependem e aceitam o salvador Jesus verdadeiramente "Em verdade te digo hoje, estarás comigo no paraíso" (Lucas 23:43). Será que o ladrão já estava predestinado a salvação? o outro também poderia ser salvo, assim como qualquer um pode ser salvo, basta aceitar Jesus!

    É perigoso crer nesta doutrina humana de que a salvação não é para todos, e que Deus atrai somente alguns, você acaba criando uma imagem de um deus tirano que não oferece salvação pata todos, é claro que isso implica em aceitar ou não.

    Mas se o sr Clóvis acredita que Deus não salva a todos, será que sua pessoa é um escolhido? como tem certeza? e sua família, quem sabe esposa ou filhos? (caso tenha) crer neste tipo de salvação é como ganhar na loteria...

    Que a Graça do nosso Senhor e salvador Jesus possa alcançar todos os nossos corações, amém!

    José Luíz

    ResponderExcluir
  15. a paz do senhor amado clovis, o q entendi é que muitas pessoas tem pegado textos isolados e formado uma opinião própria. o texto mencionado isolado requer desenvoltura por parte daqueles a quem sustenta a predestinação.mas cremos que um texto lança luz sobre outro texto trazendo assim a verdade a tona. examinaremos a seguir alguns textos como por Exemplo: Jo.6.37-39;44. onde fica então estes textos? quem esta errado? João, quando escreveu o evangelho,ou Paulo escrevendo a Timóteo?É obvio que as escrituras não mentem seja sempre Deus verdadeiro e o "homem mentiroso". No texto em questão a palavra "todos" vem do grego(Pas)sem sair de Timóteo a mesma palavra é usada varias vezes em outros versículos. vs.4 o próprio não pode ser possível pois como fica as pessoas que já estão no inferno sobre a ira de Deus.vs.6 se a redenção foi pra todos então como explicar os textos de Is.53.11 e Hb.9.28 visto que a escritura não pode entrar em contradição.cap.4.4 este vers. não pode esta incluindo satanás. cap. 4.15 não poderia ser manisfesto a todos pois já havia pessoas mortas que nem sequer conheceram a Timóteo. finalmente cap.6.17 não pode jamais significar o pecado,e tanta outras coisas que nos leva a morte física como a espiritual. conclusão: Raramente a palavra "todos" na bíblia signifique todos num sentido geral sem excesso. Espero ter contribuído. fica ai uma dica, um excelente livro: A soberania Banida de Mc.grecor. ED cultura cristã.Quem não leu, leia você não vai se arrepender.Desculpe o extenso comentário!!!!

    ResponderExcluir
  16. amado irmão José Luiz,li o seu comentário e lhe respeito mas devemos entender que não se entende a Deus por logica e sim por fé. você disse em outras palavras que não é justo Deus trazer umas pessoas e outras não leia Rm.9.6-23. você não consegue imaginar Deus arrastando irresistivelmente alguns enquanto outro não veremos o que o texto diz. Jo.6.44 a palavra "trouxer" vem do grego (Elko) que quer dizer compelir por irresistível superioridade. Quanto ao texto que você citou Ap.3.19, a questão é quem vai ouvir a voz e reconhecer a para abrir aporta? à luz de outros textos examinaremos quem pode ouvir a voz de Cristo e abrir a porta o próprio joão escrevendo o evangelho no cap.8.46-47. cap.10.3-5;15-17. Por tanto se alguém chaga a sua porta batendo e você não reconhece certamente não abrira. outra questão ainda neste texto é que este texto não foi direcionado a toda humanidade mais as 7 igrejas da asia ver Ap.1.4. Que a paz esteja com Vos.Amem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um que caiu no conto do Elko de Sproul. Desculpe te falar, mas nada me faz crer que ELKO é irresistível. O ônus de consultar o Kittel é seu.

      Sobre o bater à porta: por que Jesus bate à porta de quem Ele nunca esteve a fim de rachar o rango?

      Aliás, é lagal ver que 'este texto não é destinado à humanidade'. Me diz: a Bíblia foi escrita só pra você? Mais uma pra conta do gnosticismo...

      Agora, o que vale merrrmo é essa aqui:

      O problema é que ninguém, por si mesmo, vem. Então Ele atrai irresistivelmente alguns para Si.

      Um non-sequitur assustador! Se ninguém vem por si mesmo, então o único jeito é se vier arrastado! (e lá vem o monte de gente dizendo 'ah, cê não sabe como é, é a natureza nova, blá-blá-blá').

      Não. Não se segue. Quer um exemplo?
      O fato de eu não saber que em uma certa loja de uma certa cidade está um produto, quer dizer que primeiro tem que me chegar a informação desse produto. Mas, dada a informação, ainda fica a meu critério aceitar ou não o produto.

      Excluir
    2. É verdade glórias ao homem não é anônimo, aliás, se não fosse por você aceitar ao Senhor...

      Jesus...

      Sola Scriptura

      Anderson

      Excluir
  17. Graça e Paz do Senhor Jesus Cristo a todos,
    Primeiramente quero parabenizar este excelente blog, mesmo sabendo que o assunto aparentemente ja terminou, mas o fato é que o grande problema dos defensores do livre arbítrio é aparentemente entender que Deus ao ser soberano em tudo, até mesmo em não escolher alguns para salvação, perca alguns dos seus atributos, no caso o amor, misericordia e bondade. De forma alguma, Se Deus não quisesse salvar ninguem, por causa da transgressão de Adão e Eva, Deus continuaria a ser Deus com TODOS os seus atributos, e se Deus quisesse salvar apenas uma pessoa, Deus ainda sim continuaria a ser Deus com TODOS os seus atributos. O fato é que nós, JAMAIS poderemos entender os pensamentos de Deus e por isso temos que aceitar que Ele (Deus) fez alguns para vaso de honra e outros para vaso de desonra e ponto final, não podemos tentar aplicar a nossa "justiça" para salvação de "todos" os homens.
    Do servo menor e apoiador dos 5 Solas

    Marco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marco,

      Obrigado, Soli Deo Gloria.

      Deus é eternamente imutável em todo o Seu ser. Erra quem pensa que ao fazer isto ou aquilo, deixou de Ser como era.

      Em Cristo,

      Excluir
    2. Se desse pra "curtir" comentários aqui no blog, este do Marcoheriton teria ganho o meu.

      Excluir

"Se amássemos mais a glória de Deus, se nos importássemos mais com o bem eterno das almas dos homens, não nos recusaríamos a nos engajar em uma controvérsia necessária, quando a verdade do evangelho estivesse em jogo. A ordenança apostólica é clara. Devemos “manter a verdade em amor", não sendo nem desleais no nosso amor, nem sem amor na nossa verdade, mas mantendo os dois em equilíbrio (...) A atividade apropriada aos cristãos professos que discordam uns dos outros não é a de ignorar, nem de esconder, nem mesmo minimizar suas diferenças, mas discuti-las." John Stott

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.